Crônicas

23

Tentei voltar a escrever em um diário, senti falta de olhar meus cadernos antigos e dar boas risadas. Logo percebi que eu nunca mais me adaptaria a essa ideia como há alguns anos atrás, e que o jeito era me conformar com os textos feitos uma vez por ano, uma espécie de balanço das lições boas e tudo o que precisa ser deixado para trás.

As pessoas mudam, o cabelo e as roupas também. Mas a paixão por escrever não, e é reconfortante saber que a despeito de quantas coisas mudem com o passar dos anos, pelo menos isso sempre há de ser igual.

Passei um tempo me perguntando o que a Geórgia de 23 diria à Geórgia de 22 se tivesse a oportunidade. Ela provavelmente diria para a mais nova tomar mais cuidado e ficar esperta, pensar melhor e mais vezes antes de tentar escolher qualquer coisa; que não dá para ser de porcelana a vida inteira e que chega uma hora na vida que a gente precisa aprender a ser mais forte, acordar. Mas mesmo sem esse diálogo, eu acabaria descobrindo de qualquer maneira.

A vida segue, os planos mudam e os sorrisos voltam. Às prioridades soma-se a certeza de que essas nunca devem mudar, e isso independe do que aconteça. Só muda de lugar o que, pra princípio de conversa, nunca nem deveria ter ganhado espaço. E é justamente minimizando as instabilidades que a segurança cresce, talvez porque seria no mínimo ingênuo achar que coisas demasiadamente complicadas de uma hora pra outra simplesmente se resolvessem.

As séries ficam quase em dia, a lista de viagens aumenta. Existe uma vontade muito grande de viver, de conhecer o que ainda não foi visto. Algumas ideias abandonadas ressurgem, mas no geral persiste a sede novidades e outras descobertas, do tipo que nem se quisessem poderiam ser contabilizadas.

Uma hora a gente acaba percebendo que a vida é curta demais para perder tempo insistindo em se importar com qualquer coisa ou pessoa que nunca tenha se esforçado para tanto, e que a confiança, como tudo o mais na vida, precisa ser conquistada. É essa percepção, e não o tempo, que traz de volta a paz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s