Crônicas

Transparecer

Transparecer, deixar ser. Não se trata de só querer mostrar ou aparecer, basta não esconder. Pra que esconder? Por quê?

É oposto aos enigmas, que na ficção tanto admiro e na realidade abomino. E se os abomino é porque ainda não descobri algo que me inquiete mais que não saber o que esperar, em quem confiar ou o que pode ou não pode ser. Pois se certamente há quem prefira as aparências, o meu apreço só escolhe quem não maquia sua essência.

E não consigo querer nada diferente disso. A vida é tão ilusória, e o tempo tão complicado para eu sequer ousar pensar em outra coisa senão transparecer aquilo que sou, ou me decidir por algo que não sei o que é. Afinal, qual o sentido de esconder o que se pensa e quer?

Transparecer é expor, ainda que não intencionalmente, mas sim pelo simples fato de ser livre. Liberdade do roteiro que nem sempre sai como o planejado, porque tudo é orgânico e ao vivo, sem a menor necessidade de editar falhas, fragilidades ou sensibilidades. Livre para encarar os meus defeitos e medos, sorrisos e desassossegos. Livre de mim mesma, mais livre do que jamais poderia imaginar ser.

Se a felicidade for contrária a isso, a desconheço: feliz me sinto quando descubro no que talvez haja de melhor em mim, e o pior também, porque é justamente este que me impulsa a não me acomodar.

E se for triste, que seja. Se estiver errado, que haja o tempo e a vontade necessária para corrigir. Se houver dúvida, que não exista o medo de descobrir. Mas se for certo, que eu tenha coragem de persistir. Se for chorosa a noite, que a misericórdia apareça linda e clara como o sol pela manhã.

Que não se demore a escuridão, e tudo logo venha à luz.

Anúncios

Um comentário em “Transparecer

  1. “Se houver dúvida, que não exista o medo de descobrir. Mas se for certo, que eu tenha coragem de persistir.” Muito bem colocado. E a música perfeita. Aliás, gosto muito da Lorena Chaves, só me parece incrível que muita gente do Brasil não a conheça. A encontrei um dia no YouTube e me apaixonei pelas músicas dela. Inclusive postei uma resenha da música “memórias de um Narciso essa semana no meu blog. Gostei do teu blog. Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s